• Grupo Exponencial

4 países com níveis altos de contratação de Coaching Executivo



A América Latina é um território relativamente homogêneo quando se refere às práticas de gestão de empresas. O emprego do coaching executivo ampliou-se substancialmente nas empresas de nossa região que procuram aumentar a sua produtividade, tentando melhorar em áreas que não são fáceis de perceber desde a sua perspectiva interna. É por esta razão que o recrutamento de serviços de coaching executivo tem aumentado em países como México, Argentina, Brasil e Chile, 4 países cujas economias em crescimento foi imposta otimização de metodologias empresariais através de aspectos da revisão como:

  • Identificação clara de metas 


  • Habilidades de liderança 


  • Aumento do compromisso da equipe de trabalho 


  • Os pontos cegos ou áreas que não estão sendo levadas em consideração 


  • Vantagens competitivas 


  • Identificação de pontos fracos 


Neste sentido, exploraremos os 4 países acima mencionados com os mais altos níveis de recrutamento de coaching executivo na América Latina. 
Chile

O país que conta com os valores mais altos na contratação da ferramenta de coaching executivo, se encontra ao sul do continente. O Chile ostenta um número superior a 95% das empresas que empregam a contribuição de coaching para integrá-lo a área de recursos humanos das suas empresas a fim de alcançar um contexto organizacional bem sucedida. 
A figura do coach no Chile tem grande repercussão não só em nível empresarial, mas em outras áreas, como esportes ou política, onde até mesmo a presidenta Michell Bachelett tem usado as orientações de um coach. Além disso, as certificações de coaching executivo no Chile ultrapassam 3.000 pessoas.



México


O México igualmente está dentro dos países da América Latina com maior uso de coaching executivo. De acordo com um estudo realizado pela Escola de Negócios da Universidad Panamericana, mais de 80% das empresas mexicanas têm se envolvido em maior ou menor escala com tal ferramenta. Tão grande porcentagem tornou possível a proliferação de uma grande variedade de escolas que certificam os seus alunos a exercer funções de coach executivo no México.



Argentina 
Com cerca de 80%, também empresas argentinas estão localizadas nas primeiras posições nas estatísticas de recrutamento de coaching executivo. A 
 influência de grandes empresas como Facebook e Google que, durante anos começaram a se estabelecer na Argentina, as mudanças no mercado e as práticas bem-sucedidas de gestão empresarial mundial permitiram que o coaching executivo fosse considerado como uma ferramenta necessária das empresas argentinas.


Brasil O país carioca conta, como a Argentina, com cerca de 86% das empresas que integram dentro de suas estruturas organizacionais, o coaching executivo. A modernização do contexto organizacional das empresas brasileiras se adapta muito rapidamente para o surgimento de ferramentas digitais, a tutoria on-line e o coaching. Por esta razão, o Brasil permanece entre os países onde o movimento empresarial é uma referência de vanguarda no que se refere à gestão. Embora o coaching executivo ainda esteja em seus estágios iniciais dentro do mercado de negócios da América Latina, sua implementação como ferramenta efetiva e com resultados tangíveis é um fato verificável nos países mencionados aqui. A tendência de uso do coaching executivo continua a expandir-se rapidamente para outros países da nossa região, a correção de desvios no desempenho empresarial e desenvolvimento de capacidades são provas irrefutáveis de sua importância.

0 vistas0 comentarios

Entradas Recientes

Ver todo